Hoje é dia de Dolangue:10 July, 2020

Relatório aponta aumento no número de cornos durante pandemia

O instituto nacional de cornos do Brasil (INCB) divulgou na tarde desta quinta-feira (28) os dados oficiais atualizados ao IBGE. Os números apontaram um forte crescimento, o que causa certo espanto, sabendo que estamos enfrentando a pandemia.

Foto: Maiana Belo/G1

Os números são absurdamente espantosos. Dentre as capitais, a região sul apresentou o maior índice de novos cornos sendo liderado por Florianópolis, Curitiba, seguido do Rio Grande do Sul.

 

Confira os números oficiais:

  • Curitiba – 5 em cada 7 curitibanos são cornos na capital (59% da população total)
  • Porto Alegre – 3 em cada 6 porto alegrenses são cornos, enquanto 1 tem simpatia pela causa (48% da população)
  • Florianópolis – 8 a cada 10 pessoas são cornas. (81% da população alega ser corna no município)
  • Cuiabá – A cidade não obteve sucesso, tendo somente 1 em cada 6 pessoas cornas. Mas dá pra reverter este número, junho está chegando. (28% da população)
  • São Paulo – A cidade é uma referência! 8 em cada 8 paulistas se identifica como Corno na cidade. (110% da população total)
  • Maceió – 2 em cada 6 Maceioenses são cornos (31% da população)
  • Rio de Janeiro – 11 a cada 7 cariocas são cornos (130% da população ao total – porém, dentro da pandemia o número cresceu pouco desde o ano passado.

E aí, faz parte destas maravilhosas estatísticas? Talvez você faça, mas ainda não sabe. Deixe seu comentário.

 

Me chamo Dolangueiro. Tudo que posto neste site é dolangue. Não tenho tempo para apurar os fatos. Tá na internet, é verdade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *